CULTURA
 
Festival Internacional de Folclore de Arouca
 
Edição 2016 do Festival (foto: Avelino Vieira)
Entre o passado e o futuro: a sobrevivência do associativismo de cariz popular | NOTÍCIA COM MAIS DE 600 VISUALIZAÇÕES
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Ao fim de mais de três décadas, o Festival Internacional de Folclore continua a ser referência
na programação cultural do concelho de Arouca. Organizado pelo Conjunto Etnográfico de Moldes, o evento é o resultado do trabalho voluntário dos elementos do Rancho de Moldes mas também do esforço constante em introduzir na programação actividades com novas interpretações da cultura popular.


O Conjunto Etnográfico de Moldes organizou, pela primeira vez, um encontro de ranchos em 1983, integrado na programação da festa em honra de S. Domingos, em Arouca. Foi aí a génese do Festival de Folclore que se passaria a realizar todos os anos, no mês de Agosto, na vila de Arouca, junto ao Mosteiro.
O enquadramento histórico-arquitectónico do Mosteiro, para além da dimensão estética, contribuiu para
a distinção e construção da identidade deste festival, fora de Arouca. O Festival tem sido organizado de forma ininterrupta desde 1984 e é tido como um bom exemplo de dinâmica associativa no concelho.
No jornal Defesa de Arouca, em Agosto de 1986, num artigo assinado pela organização do festival, refere-se que o mesmo "realiza-se no centro da Vila por variadas razões, dentre as quais se destacam a centralização com a consequente maior facilidade de acesso a grande parte da população" e menciona ainda "a promoção turística do nosso concelho e do seu baluarte - o Convento da Rainha Santa".
Desde as primeiras edições, embora não em todas, o festival assumiu uma dimensão internacional havendo espaço para a presença de grupos estrangeiros. Desde o leste europeu à América latina, passando por países como Índia, Angola, Cabo Verde e variados países europeus, foram muitas as culturas que passaram por Arouca.
No início da década de 2000, o Festival Internacional de Folclore de Arouca assumiu a presença dos grupos estrangeiros em regime de residência. Uma opção que, a nível de organização, obrigou à afectação de recursos logísticos e humanos significativos, mas que, em contrapartida, permitiu uma programação mais diversificada.
Foi também com esta opção que Arouca passou a ter um evento que segue directrizes internacionais no que diz respeito à cultura popular. Seguindo os princípios do C.I.O.F.F. (Comité dos Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Tradicionais) que aponta a diversidade cultural como factor de unidade entre os povos, o festival alarga o âmbito das suas actividades. Passam a abranger também o artesanato e a gastronomia. A valorização da gastronomia e do artesanato a par do folclore, neste contexto representado pelas danças e corais, está em consonância com o consagrado na Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, aprovada em 2003 e ratificada por Portugal em 2008, cujo principal objectivo é contribuir para a salvaguarda do património cultural imaterial como parcela estruturante da identidade e da memória colectiva.
 
Arouca

Domingo, 20 de Outubro de 2019

Actual
Temp: 12º
Vento: NW a 5 km/h
Precip: 0 mm
Nublado
Seg
T 14º
V 0 km/h
Ter
T 15º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
 
A Frase...

"Espero que os pais dos atletas sejam exemplos de 'fair-play' dentro e fora do campo"

Pedro Cirne, presidente da UD Fermedo, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 41 visitantes online