PRIMEIRA LIGA
 
FC Arouca 1-2 Sporting
 
Leandro Silva
Atitude da equipa arouquense, com golo de Dabbagh, merecia outra sorte
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site

8ª jornada - 2 de Outubro 2021
Jogo no Estádio Municipal de Arouca
Árbitro - Rui Costa (AF Porto), auxiliado por Nuno Manso e João Bessa.
VAR - Manuel Oliveira (AF Porto) e Álvaro Mesquita (AF Vila real)
Espectadores: 3338

FC Arouca - Fernando Castro; Tiago Esgaio, João Basso, Abdoulaye (Campi, 45) e Thales; Kouassi (Pité, 60), Leandro Silva e Pedro Moreira; Bukia (Adílio,84), Arsénio (Tiago Araújo, 76) e Oday Dabbagh.
Suplentes não utilizados: Vitor Braga, Brunão, Joel, Marco Soares e Or Dasa.
Treinador: Armando Evangelista

Sporting - Adán; Pedro Porro (Neto, 63), Coates, Matheus Reis e Ricardo Esgaio; Palhinha, Matheus Nunes (Jovane, 80) e Daniel Bragança (Ugarte, 80); Sarabia (Tiago Tomás, 71), Nuno Santos e Paulinho (Tabata, 71).
Suplentes não utilizados: João Virgínia, Diego Calai, Feddal e Rúben Vinagre.
Treinador: Ruben Amorim

Ao intervalo: 0-1
Marcador: 0-1 (Matheus Nunes, 14); 1-1 (Dabbagh, 50); 1-2 (Nuno Santos, 54).


Heroísmo do Arouca merecia melhor sorte frente às garras do leão


Num FC Arouca com vontade de abrir o livro de vitórias sobre o grande de Alvalade, a surpresa inicial veio da titularidade do palestiniano Dabbagh, em detrimento do habitual André Silva. Dado o pontapé de saída, ainda não chegara o primeiro minuto e já Fernando obrigava-se a defesa apertada, situação repetida aos 8' diante de Paulinho. A equipa leonina queria impor a lei do jogo, mas o Arouca foi respondendo através da busca da melhor circulação. Contudo, o leão continuava a acelerar e o golo apareceu aos 14´por Matheus Nunes, em lance legitimado pelo VAR. Complicava-se o jogo para o Arouca, mas duas transições rápidas puseram a nu as fragilidades defensivas do Sporting: Dabbagh duas vezes isolado (27' e 30') - e já cheirava a golo - não conseguiu desfeitear Adán. Reagiu o Sporting com Paulinho e Coates (35') a não atinarem para fazer o segundo, saindo a bola a rasar o poste. O jogo estava em jeito de ping-pong e desta vez foi Abdoulaye (37') a não bater o guardião leonino na cara do golo. Sucediam-se as oportunidades de um lado e do outro e Fernando voltou a estar em grande em dois remates consecutivos de Sarabia (40'). Terminava uma primeira parte parca em golos para aquilo que foram as vulnerabilidades defensivas e as oportunidades de duas equipas que se predispuseram a jogar ao ataque.

Bukia e Dabbagh na indústria do golo motivador

A reentrada continuou a puxar pelo apetite e o palestiniano Dabbagh pôs em delírio os adeptos ao fazer o golo do empate após rápida transição do ágil e soberbo Bukia. Estava-se no minuto 50, mas a festa durou pouco, pois uma abertura para Nuno Santos terminou no remate rasteiro para o 2-1, com Fernando a mostrar-se muito mal batido. Foi um primeiro quarto de hora mais animado junto das balizas, andamento que foi quebrando pelo desgaste acumulado e levou Evangelista e Amorim a mobilizar os reforços do banco para repor os nutrientes competitivos essenciais ao jogo. Sem mais novidades até ao apito final, segue para sul uma vitória feliz diante de um Arouca que quis ser herói de verdade ao enfrentar olhos nos olhos o ainda campeão nacional. 2021-10-02 MMS/RV

SALA DE IMPRENSA >>>

Armando Evangelista (treinador do FC Arouca): «Fizemos um jogo competente e não tivemos medo de querer ganhar ao campeão nacional. Jogar bem e ser audaz por vezes não chega para se conseguir ganhar. Dificultamos os pontos fortes do Sporting. O Arouca merecia mais pontos do que aqueles que tem, mas estou optimista em relação ao nosso futuro.»
[Sobre o desgaste europeu do adversário] Eu também gostava de andar na Liga dos Campeões.
[Sobre a ausência de André Silva] Aqui só falamos do jogo, mas não tenho problema em dizer que são questões administrativas que me ultrapassam. [Sobre a integração do palestiniano Dabbagh] O Oday tem uma mentalidade fantástica, de relacionamento e de querer aprender e evoluir.»

Ruben Amorim (treinador do Sporting): «Podíamos ter feito mais golos. Não fizemos um grande jogo, mas merecemos ganhar. O Arouca jogou mais alto do que estávamos à espera. Na parte final o cansaço começou a tomar conta dos jogadores do Sporting, mas a vitória foi justa.»


LIGA BWIN
8.ª JORNADA
Marítimo 0-0 Moreirense
Famalicão 1-2 V. Guimarães
Vizela 1-1 Santa Clara
FC Porto 2-1 Paços de Ferreira
FC Arouca 1-2 Sporting
Domingo, 3 de Outubro
Belenenses - Tondela (15h30)
Benfica - Portimonense (18h00)
Estoril - Gil Vicente (18h00)
Braga - Boavista (20h30)

PRÓXIMOS JOGOS FCA
Paragem - Selecções (4 a 12 Outubro)
Taça de Portugal - 3ª Elim. (17 Outubro)
Leça - FC Arouca (15h00)
Jornada 9
Domingo, 24 de Outubro
P. Ferreira - FC Arouca (15H30, Sport TV)
Jornada 10
Sexta-feira, 29 de Outubro
FC Arouca - Tondela (20H15, Sport TV)

 
Arouca

Segunda, 29 de Novembro de 2021

Actual
Temp: 10º
Vento: NW a 6 km/h
Precip: 0.1 mm
Chuva
Ter
T 12º
V 2 km/h
Qua
T 9º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Nunca viramos a cara à luta"

Joel Pinho, director desportivo do FCA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 58 visitantes online