SEGUNDA LIGA
 
FC Arouca 0-0 Mafra
 
Ofori
Central arouquense João Basso desperdiçou penálti nos instantes finais da partida
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
16.ª jornada - 17 Janeiro 2021
Jogo no Estádio Municipal de Arouca.
Árbitro - Manuel Oliveira (AF Porto), auxiliado por Nelson Cunha e Tiago Mota.

FC Arouca - Vitor Braga; Thales, João Basso, Baptiste Aloé e Mateus Quaresma; Marco Soares, Pedro Moreira (Moses, 89) e Leandro Silva (Ofori, 62); Arsénio, Bukia e Heliardo (André Silva, 60).
Suplentes não utilizados: Fernando Castro, Joel Ferreira, Brunão, Nuno Rodrigues, Adílio e Blondell.
Treinador: Armando Evangelista

Mafra - Carlos Henriques; Nuno Campos, João Cunha, Miguel Lourenço e Bruno Silva; João Graça (Gui Ferreira, 70), João Miguel, Kaká e Andrezinho (Carlos Daniel, 58); Lee (Rodrigo Martins, 58) e Abel Camará (Okitokandjo, 78).
Suplentes não utilizados: Godinho, Fidelis, Barbosa, Tomás Domingos e Moura.
Treinador: Filipe Cândido

Vitória fugiu no fim

A vitória teria atirado o FC Arouca para a quinta posição mas a melhor oportunidade do jogo perdeu-se ao cair do pano numa grande penalidade rematada para fora, a primeira falhada pelo exímio João Basso, habitual finalizador e melhor marcador da equipa. Um empate que colocou Arouca e Mafra sem vencerem há quatro e seis jornadas respectivamente. Filipe Cândido organizou a sua equipa sustentada numa linha de cinco defesas, três dos quais centrais. O FC Arouca esteve lento e previsível na abordagem ao jogo, deixando a supremacia da primeira parte entregue ao Mafra, que em três ocasiões esteve próximo do golo. Fraco e com apenas um remate no primeiro tempo, o FC Arouca só poderia melhorar na etapa complementar. A equipa veio do balneário com outro andamento e cresceu na busca do golo. Mais em bloco baixo, o Mafra ia explorando o contra-ataque e uma enorme defesa de Vitor Braga evitou o pior num tiraço de Camará. O FC Arouca insistia em quebrar a resistência dos visitantes mas a defesa estava atenta. Até que Pedro Moreira, em lance confuso, aos 90 minutos, esteve na origem de um penálti que acabou por não ter o destino certo, saindo ao lado do poste. Num jogo com duas partes distintas, só a segunda parte da equipa arouquense justificaria a vitória. 2021-01-17 MMS

SALA DE IMPRENSA >>>

Armando Evangelista (treinador do FC Arouca): «As duas partes foram distintas. Na primeira parte não conseguimos pegar no jogo. O facto de o Mafra se ter apresentado pela primeira vez com uma linha de cinco defesas criou-nos algumas dificuldades em termos de espaços a explorar e demoramos algum tempo até rectificarmos. Na segunda parte a nossa produtividade subiu em flecha e podíamos ter vencido. Falhar um penálti acontece, é futebol».

Filipe Cândido (treinador do Mafra): «Entramos muito fortes, criamos estratégias específicas para este adversário que é um dos bons adversários desta liga. Com bola fomos audazes e criamos mais oportunidades. Na segunda parte passamos algumas dificuldades com o caudal ofensivo do Arouca mas conseguimos dar resposta. Viemos à procura dos três pontos e levamos um. Não estamos felizes por esse facto mas estamos contentes pela nossa atitude».

 
Arouca

Terça, 02 de Março de 2021

Actual
Temp: 12º
Vento: SSE a 5 km/h
Precip: 0.2 mm
Aguaceiros
Qua
T 17º
V 3 km/h
Qui
T 16º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"A Academia Sénior de Arouca preocupa-se com todos, ninguém fica para trás"

Carlos Silva Sousa, presidente da ASARC, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 52 visitantes online