SOCIEDADE
 
GNR: Dois cidadãos arouquenses fugiram ao confinamento obrigatório
 
Violaram o dever de permanecer no domicílio a que estavam obrigados
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Uma mulher de 36 anos e um homem de 60 foram detidos no fim-de-semana por violação do confinamento a que estavam obrigados que advém pela situação de pandemia. A cidadã, da freguesia do Burgo, foi detectada no concelho vizinho de Vale de Cambra no âmbito de uma verificação à sua residência para fiscalizar a sua retenção no lar, enquanto o outro detido, da vila de Arouca, foi identificado na via pública após denúncia telefónica para a Guarda Nacional Republicana. As informações foram transmitidas ao RODA VIVA pelo Comando Distrital de Aveiro, e seguem-se a outras duas situações de desrespeito pelo estado de emergência sanitário reportadas pela GNR no concelho de Arouca já em 2021.
Os detidos são constituídos arguidos e os factos são remetidos ao Tribunal Judicial de Arouca.
«A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respectivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com COVID-19, os infectados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância activa. A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência». RV 2021-02-01
 
Arouca

Sexta, 23 de Abril de 2021

Actual
Temp: 13º
Vento: SE a 5 km/h
Precip: 0 mm
Nublado
Sáb
T 18º
V 8 km/h
Dom
T 16º
V 6 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Temos de ter mais cultura democrática em Arouca, na Câmara Municipal e nas instituições"

declarações de Fernando Mendes no RV, onde anuncia a sua decisão de não se recandidatar à CMA

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 53 visitantes online