CULTURA
 
Canelas: Festival de Folclore da freguesia vai na 22ª edição
 
Festival de Folclore de Canelas, foto da edição 2016
Entrevista com a presidente da direcção do Rancho 'As Lavradeiras', associação organizadora
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A Associação do Rancho Folclórico "As Lavradeiras de Canelas" organiza anualmente um festival de folclore, que conta normalmente com a presença de três ranchos convidados. A associação, com cerca de 40 elementos, elegeu, em Maio deste ano, Cristina Abreu como presidente, sucedendo esta a Isabel Santos. Na aldeia de Canelas, junto de canastros e eiras, está a sede do rancho - inaugurada em 2003 - que conta com um auditório ao ar livre com capacidade para cerca de 1000 pessoas, onde se realiza o evento. Foi no escritório desta sede que Cristina Abreu recebeu o RODA VIVA jornal, para falar sobre o festival que celebrou, no passado dia 1 de Julho, a 22ª edição.

Como é que é organizar este festival?
Não é fácil, porque nós temos que nos juntar, nos compromissos, vermos os ranchos que vêm, vermos tudo, os pequenos pormenores, desde as limpezas aqui da sede ao financiamento, pedidos de patrocínios. Isso estava a ser um bocadinho mais esquecido, este ano andei de porta em porta a pedir patrocínios, onde tivemos uma boa ajuda, deu resultado. Ainda esta semana tivemos dois patrocínios, além de já ter passado o festival. Temos tido uma boa ajuda na questão financeira, que assim continue!

Qual a importância de manter vivo este evento?
É uma tradição da freguesia, eu acho que é sempre importante este dia aqui para Canelas, é importante manter viva a tradição.

O público é maioritariamente de Canelas. Notam muitas pessoas de fora?
Não muitas, mais pelos ranchos convidados que trazem sempre algumas pessoas.

Todos os anos convidam ranchos diferentes?
Tentamos manter essa tradição de serem ranchos diferentes. Por acaso, este ano veio um pela terceira vez - não seguida -, porque falhou-nos um à última da hora e tivemos de resolver esse problema.

Qual é o feedback dos outros ranchos que cá vêm? Gostam de visitar a aldeia e gostam do festival?
Gostam de tudo, de tudo o que eles veêm cá gostam. Tal como nós quando vamos para fora também gostamos.

Exactamente, porque vocês também são convidados para festivais...
Sim. Fazemos permutas, como se chamam.

Na edição deste ano, mantiveram-se fiéis à tradição?
Em relação a isso, sim, foi igual aos outros anos. Para mim, foi novo porque foi a primeira vez à frente do festival. Mas o resto manteve-se.

A nível de público, notam que tem diminuido, que existem mais pessoas mais velhas e menos jovens?
Este ano, penso que teve menos gente, também derivado ao tempo, que esteve mais fresco. Os jovens vêm sempre mais tarde, nós metemos um barzinho lá em cima, já é costume todos os anos, e eles vêm mais tarde para o bar.

Começam a preparar o festival com quanto tempo de antecedência?
Em relação a contratos com os outros ranchos, tem de ser em dezembro, janeiro. As outras coisas, este ano foi mais em cima da hora devido à minha posse, mas por volta de abril, maio, costuma começar-se a organizar tudo.

Já estão a pensar no festival do próximo ano ou ainda é tempo de balanço?
Ainda estou a tratar de uns pormenores deste, ainda é tempo de balanço. Ainda continuo com muita ajuda da antiga presidente. Mesmo para organizar isto tudo, quando fazia alguma coisa perguntava sempre à Isabel ou a outra pessoa do rancho mais experiente...

Para o ano será mais fácil para si.
Penso que sim porque já estou mais dentro do assunto, em relação aos contratos, porque há sempre emails para aqui, emails para acolá e é uma coisa que não é muito a minha área , mas penso que para o ano já será mais fácil.

Na vossa Marcha de Despedida cantam "Lá vai Canelas toda cheia de alegria". É assim que ficam no fim deste evento, cheios de alegria?
É verdade, é realmente. O nosso coração enche-se de alegria porque a gente está a trabalhar para a Canelas, não só para nós, mas estamos a dar o nosso melhor aos outros, e é com alegria que fazemos isso.

E têm este espaço, a vossa sede, que merece um evento destes...
Exactamente, porque nem todos os ranchos do concelho de Arouca se podem gabar disso.

O Festival de Folclore d'As Lavradeiras de Canelas nasceu dez anos depois da associação do rancho. E em 2018, a Sede da Associação do Rancho "As Lavradeiras de Canelas" receberá mais três novos ranchos, dando continuidade à tradição e fazendo com que "Lá vá Canelas toda cheia de alegria" pela 23ª vez. Cátia Cardoso 2017-07-16

 
Arouca

Sábado, 22 de Julho de 2017

Actual
Temp: 20º
Vento: NNW a 5 km/h
Precip: 0.6 mm
Aguaceiros
Dom
T 26º
V 3 km/h
Seg
T 24º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
O FCA vai ser um dos principais candidatos à subida à 1ª Liga na próxima época?
 
 
PUB.
A Frase...

"A 1 de Outubro os arouquenses vão eleger cerca de duzentos autarcas e não apenas o presidente da Câmara"

Francisco Gonçalves (CDU), durante apresentação da sua candidatura à CMA

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 47 visitantes online