SOCIEDADE
 
Eurodeputada Marisa Matias partilha experiência europeia com alunos arouquenses
 
Marisa Matias em directo por video-conferência
"Sois jovens demais para deixarem que os ataques à democracia voltem a ganhar espaço"
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Um encontro com a eurodeputada Marisa Matias fechou as comemorações do Dia da Europa, iniciadas há cerca de um mês, pelo Agrupamento de Escolas de Arouca, com o hastear das 27 bandeiras dos países da União Europeia (UE), no parque central da vila de Arouca. Seguiram-se várias semanas de trabalho interno de formação com os alunos e de interacção com a comunidade, que culminou, no dia 28 de Maio, com uma sessão matinal interactiva, por video-conferência, alargada à comunidade, sob a condução técnica do professor António Soares, no auditório da Escola Secundária. Esta escola arouquense, uma das 64 que, no país, tem o Estatuto de Escola Embaixadora do Parlamento Europeu (EEPE), desenvolve desde há quatro anos um programa de divulgação dos projectos e valores da União Europeia junto dos alunos e da comunidade em geral, visando "encorajar os jovens para uma cidadania europeia activa e combater a abstenção nas eleições europeias". Olga Soares, coordenadora do projecto EEPE no agrupamento, iniciou a sessão de encerramento das actividades, realçando as virtudes do projecto para os alunos e o envolvimento da comunidade.

«Um projecto internacional que abraçamos com muito carinho»

Parceira da escola neste evento europeu, a associação arouquense Círculo Cultura e Democracia esteve presencialmente representada por Marta Duarte, outrora aluna da escola. "Tal como vós, eu cresci como cidadã europeia, era criança quando Portugal aderiu à então união de doze estados-membros, acostumei-me a habitar um território de paz e bem-estar, onde os direitos humanos, a liberdade, a democracia, a igualdadecabo várias Youth Talks e workshops, criando um espaço de partilha de experiências reais, concretas e directas de jovens que fazem da cidadania a sua forma de estar na vida. A par disso, estão previstos momentos de capacitação entre pares e espaços que contarão com a presença de alguns especialistas, que vão auxiliar a planear o futuro da cidadania e da participação jovem na vida das comunidades.
"A Juventude tem sido uma das preocupações centrais do nosso Executivo, estando em desenvolvimento e implementação um conjunto de dinâmicas dirigidas aos nossos jovens. O envolvimento destes na sua comunidade local é fundamental. Basilar também para o futuro do nosso mundo é a construção de cidadãos informados e activos, pelo que iniciativas como o Festival da Cidadania são fundamentais para reflectirmos sobre o futuro que queremos, mas acima de tudo o papel que queremos assumir nesse futuro. Jovens hoje, líderes amanhã, cabe-nos a nós construirmos pontes para que os mais jovens da nossa comunidade possam fazer connosco este caminho e dar-lhe continuidade", afirma a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém.
Já Cátia Camisão, presidente da HD, entidade co-promotora do evento, refere: "Queremos perceber o que move os jovens activistas e os jovens cidadãos de Portugal, naquele que é o seu envolvimento comunitário. Pretendemos saber o que inspira os e as jovens portuguesas e de que forma olham para a cidadania nas suas mais variadas expressões, desde a arte, ao associativismo, aos direitos humanos, às manifestações ou à política, tentando perceber como poderemos potenciar e reforçar a participação e a intervenção cívica dos jovens no futuro". "Queremos construir novas respostas para os desafios actuais, permitindo que os jovens continuem a poder construir soluções inovadoras e disruptivas para responder às necessidades das suas comunidades. Acreditamos que somos capazes de inspirar outros jovens a envolverem-se de forma activa e eficaz nas suas comunidades", conclui. GCCMA 2020-12-09

 
Arouca

Domingo, 27 de Novembro de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Quero ser sepultado com a farda dos Bombeiros Voluntários de Arouca"

Arlindo Soares, primeiro instrutor dos BVA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | visitantes online