SOCIEDADE
 
Associações de Arouca debateram em rede
 
Conferência decorreu 'online'
"Participação cidadã: o papel das associações em debate do Círculo Cultura e Democracia"
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Aconteceu ao serão deste sábado, 31 de Outubro, a 3ª sessão do Ciclo de Conversas Digitais do Círculo Cultura e Democracia.
Sob o tema "Participação cidadã: o papel das associações" e com a moderação do professor Manuel Brandão Alves, estiveram presentes, José Cerca, da Academia Sénior de Arouca, Vicente Brito, da Associação Académica de Arouca (A3), Marina Perestrelo do Grupo Etnográfico de Danças e Cantares de Fermedo e Mato, Sérgio Almeida do Rotary Clube de Arouca e Rui Pedro Brandão do Urtiarda - Clube do Ambiente e Património do Arda e Urtigosa.
A conversa debruçou-se sobre quatro temas principais: a actividade de cada uma das associações presentes, o envolvimento dos associados na vida das associações, as relações destas com as autarquias locais e a avaliação do trabalho em rede entre as associações concelhias.
José Cerca referiu o trabalho da Academia Sénior junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social como "de enorme importância" e contou que a actividade desta associação com mais envolvimento dos associados é o grupo coral e de cavaquinhos, onde destaca o "Cantar das janeiras intergeracional" como um dos pontos altos do ano. Aqui, juntam-se aos alunos da Escola Primária de Arouca e andam pelas várias instituições a levar música e alegria.
Vicente Brito, vice-presidente da A3, referiu o importante papel dos associados no sucesso das associações, dando nota de que tem de ser dada à juventude a oportunidade para fazer ouvir a sua voz, para que seja trabalhado o espírito crítico que a caracteriza. O jovem conta que a A3 tem procurado trabalhar na preparação dos alunos que ingressaram no ensino superior e no acompanhamento dos que já estudam nas várias cidades do país.
De Fermedo, Marina Perestrelo afirmou ser um "estímulo e um desafio trabalhar com a comunidade", assegurando que os habitantes se sentem valorizados com o trabalho de recuperação de tradições e da passagem destas para as gerações seguintes.
Rui Pedro Brandão fez referência ao facto de "cada vez menos gente se envolver no associativismo", dizendo que "o sacrifício pessoal e financeiro" podem ser factores decisivos para este afastamento. Deu nota do trabalho que tem feito em colaboração com o Município, tendo o último estado relacionado com o repovoamento do Ribeiro do Gondim.
Por parte do Rotary Club de Arouca, Sérgio Almeida fez referência às boas relações com outras entidades do município e destacou os dois clubes Interact que existem em Arouca e que trouxeram, por mão dos alunos dos dois agrupamentos de escolas, cor e dinamismo ao clube.
Todas as associações representadas mostraram interesse em trabalhar com as suas congéneres, sempre que os projectos forem ao encontro do campo de acção de cada uma.
A conversa está disponível no canal youtube do Círculo Cultura e Democracia. 2020-11-01
 
Arouca

Terça, 02 de Março de 2021

Actual
Temp: 12º
Vento: SSE a 5 km/h
Precip: 0.2 mm
Aguaceiros
Qua
T 17º
V 3 km/h
Qui
T 16º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"A Academia Sénior de Arouca preocupa-se com todos, ninguém fica para trás"

Carlos Silva Sousa, presidente da ASARC, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 49 visitantes online