SOCIEDADE
 
Associações de Arouca debateram em rede
 
Conferência decorreu 'online'
"Participação cidadã: o papel das associações em debate do Círculo Cultura e Democracia"
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Aconteceu ao serão deste sábado, 31 de Outubro, a 3ª sessão do Ciclo de Conversas Digitais do Círculo Cultura e Democracia.
Sob o tema "Participação cidadã: o papel das associações" e com a moderação do professor Manuel Brandão Alves, estiveram presentes, José Cerca, da Academia Sénior de Arouca, Vicente Brito, da Associação Académica de Arouca (A3), Marina Perestrelo do Grupo Etnográfico de Danças e Cantares de Fermedo e Mato, Sérgio Almeida do Rotary Clube de Arouca e Rui Pedro Brandão do Urtiarda - Clube do Ambiente e Património do Arda e Urtigosa.
A conversa debruçou-se sobre quatro temas principais: a actividade de cada uma das associações presentes, o envolvimento dos associados na vida das associações, as relações destas com as autarquias locais e a avaliação do trabalho em rede entre as associações concelhias.
José Cerca referiu o trabalho da Academia Sénior junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social como "de enorme importância" e contou que a actividade desta associação com mais envolvimento dos associados é o grupo coral e de cavaquinhos, onde destaca o "Cantar das janeiras intergeracional" como um dos pontos altos do ano. Aqui, juntam-se aos alunos da Escola Primária de Arouca e andam pelas várias instituições a levar música e alegria.
Vicente Brito, vice-presidente da A3, referiu o importante papel dos associados no sucesso das associações, dando nota de que tem de ser dada à juventude a oportunidade para fazer ouvir a sua voz, para que seja trabalhado o espírito crítico que a caracteriza. O jovem conta que a A3 tem procurado trabalhar na preparação dos alunos que ingressaram no ensino superior e no acompanhamento dos que já estudam nas várias cidades do país.
De Fermedo, Marina Perestrelo afirmou ser um "estímulo e um desafio trabalhar com a comunidade", assegurando que os habitantes se sentem valorizados com o trabalho de recuperação de tradições e da passagem destas para as gerações seguintes.
Rui Pedro Brandão fez referência ao facto de "cada vez menos gente se envolver no associativismo", dizendo que "o sacrifício pessoal e financeiro" podem ser factores decisivos para este afastamento. Deu nota do trabalho que tem feito em colaboração com o Município, tendo o último estado relacionado com o repovoamento do Ribeiro do Gondim.
Por parte do Rotary Club de Arouca, Sérgio Almeida fez referência às boas relações com outras entidades do município e destacou os dois clubes Interact que existem em Arouca e que trouxeram, por mão dos alunos dos dois agrupamentos de escolas, cor e dinamismo ao clube.
Todas as associações representadas mostraram interesse em trabalhar com as suas congéneres, sempre que os projectos forem ao encontro do campo de acção de cada uma.
A conversa está disponível no canal youtube do Círculo Cultura e Democracia. 2020-11-01
 
Arouca

Terça, 24 de Novembro de 2020

Actual
Temp: 11º
Vento: SE a 3 km/h
Precip: 1.8 mm
Chuvas Fortes
Qua
T 11º
V 2 km/h
Qui
T 11º
V 2 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Tudo iremos fazer para aceder às verbas que a UE irá enviar, para minorar os problemas económicos dos nossos associados"

Carlos Brandão, presidente da AECA, durante a tomada de posse para novo mandato

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 30 visitantes online