SOCIEDADE
 
Cientistas arouquenses saem da escola para o mundo
 
Manuel Sobrinho Simões e Raquel Seruca
As II Jornadas de Ciência de Arouca, subordinadas ao tema "Ciência, Ambiente e Sustentabilidade" decorreram durante dois dias | NOTÍCIA COM MAIS DE 3000 VISUALIZAÇÕES
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Numa organização conjunta do Agrupamento de Escolas de Arouca, da Associação Círculo Cultura e Democracia e da Câmara Municipal de Arouca, com o apoio do Arouca Geopark, do I3S do Porto (Instituto de Investigação e Inovação em Saúde), do CBE (Centre of Biological Engineering), da Ciência Viva e do CFAE AVCOA (Centro de Formação de Associação de Escolas de Arouca, Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis), realizaram-se, nos dias 16 e 17 de Dezembro de 2016, na Loja Interactiva de Turismo, as II Jornadas de Ciência de Arouca, subordinadas ao tema "Ciência, Ambiente e Sustentabilidade". A organização e toda a logística do evento teve a colaboração dos alunos dos Cursos Profissionais de Restauração, Turismo e Multimédia ministrados na Escola Secundária de Arouca.
A sessão de abertura foi conduzida por Adília Cruz (directora do AE Arouca), Margarida Belém (vice-presidente da Câmara Municipal de Arouca), António Costa (Círculo Cultura e Democracia) e José Rosa (AVCOA), que destacaram a enorme relevância da iniciativa, realizada pela segunda vez em Arouca, que congrega cientistas arouquenses de diversas áreas de investigação, apostados numa partilha de conhecimentos e de experiências que contribuem para o desenvolvimento sustentável das sociedades humanas e do próprio território.

Investigadores arouquenses pelo mundo
O primeiro dia de comunicações foi dedicado às apresentações de projectos promovidos por investigadores arouquenses que frequentaram a Escola Secundária de Arouca e hoje ocupam lugares de relevo no âmbito da investigação científica em instituições nacionais e internacionais.
Sob a moderação de Manuel Sobrinho Simões e Raquel Seruca (IPATIMUP), os primeiros painéis centraram-se nos domínios da Biologia e constaram das divulgações da área de actividade-investigação de Fátima Brandão (Nanotoxicologia e Toxicologia Ambiental - Departamento de Saúde Ambiental do Instituto Nacional Doutor Ricardo Jorge), Rita Fontes Oliveira (Longevidade e Gestão - Centro de Inovação Médica Unidade de Saúde Familiar São João do Porto; F. Medicina U. Porto), Filipe Cerca (Fisiopatologia de biofilmes, Microbiologia e Imunologia - Laboratório de Imunologia Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar), Sandra Martins Magalhães (Epidemiologia de bactérias multirresistentes - Instituto de Biomedicina da Universidade de Aveiro), Inês Gomes Soares (Desenvolvimento de modelos matemáticos aplicados em tratamentos por radioterapia-oncologia - INESC de Coimbra), Sandra Pinho (Células estaminais - Albert Einstein College of Medicine, Nova Iorque), Ana Marta Pereira (Biologia da Reprodução em Plantas - F. Ciências U. do Porto) e Andreia Dias (Biodiversidade, gestão e Conservação da Natureza - U. de Barcelona, Centro de Investigação em Biodiversidade da U. Porto).
A segunda parte foi preenchida com os contributos dos investigadores das áreas da Física, Engenharia, Electrónica e Computadores. Moderados por Raquel Seruca e João Sanches (ISR), os painéis concentraram as apresentações de Carlos Azevedo (Física de Altas Energias e Medicina Nuclear - Departamento de Física da U. Aveiro), Gonçalo Oliveira (Ciência dos Materiais - IIFIM U. Porto), Jorge Gonçalves (Engenharia Civil e Hidráulica - Águas do Norte), Tiago Martins (Engenharia Electrotécnica e de Computadores - Centro ALGORITMI - U. do Minho) e Filipe Costa (Física -Teoria da Relatividade Geral - Centro ALGORITMI -Instituto Superior Técnico- Centro de Análise Matemática, geometria e Sistemas).

Ministro da Ciência presente
As II Jornadas de Ciência de Arouca tiveram a presença de Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que encerrou o primeiro dia de comunicações. Acompanha pelo presidente da Câmara Municipal Artur Neves, o ministro dissertou sobre o papel decisivo do Conhecimento na construção do futuro e a articulação entre Ciência, Ambiente e Sustentabilidade.

Jantar-convívio
O primeiro dia de trabalhos encerrou com um jantar-convívio que reuniu todos os participantes nas II Jornadas de Ciência de Arouca, entidades e instituições parceiras (entre os quais Carlos Brandão, em representação da AECA) e ainda do empresário Ilídio Pinho - Fundação Ilídio Pinho, promotora do concurso Nacional "Ciência na Escola".

Artes, Ciência e Comunicação
O segundo dia das jornadas abriu com a comunicação da artista plástica e investigadora Maria Manuela Lopes (Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura - U. Aveiro e Porto), que trouxe ao auditório uma viagem ao contexto artístico na era da biotecnologia, sessão que foi moderada por Júlio Borlido Santos (Instituto de Investigação e Inovação em Saúde).

"Oficina da Ciência" em destaque
Da presidente da Ciência Viva, Rosália Vargas, veio o historial de 20 anos e a actividade dinamizadora da ciência na escola no âmbito do projecto "Ciência Viva", conferencista que colocou em destaque os trabalhos desenvolvidos na escola arouquense (muitos dos quais galardoados nacional e internacionalmente), nomeadamente na "Oficina da Ciência", viveiro de jovens cientistas arouquenses já confirmados - que prosseguiram com êxito o ramo da investigação e do doutoramento - e de muitos outros que actualmente frequentam os laboratórios da escola. Foi ainda realçada a contribuição dos professores e em particular do professor de Biologia, Filipe Ressurreição, coordenador da referida oficina escolar.

Futuros cientistas em acção
Coube aos arouquenses Jorge Gonçalves (P. Catedrático da Universidade do Porto) e a Nuno Cerca (investigador na Universidade do Minho) moderar um dos momentos altos das jornadas de ciência - as apresentações dos projectos (disciplinares e multidisciplinares) desenvolvidos ou em desenvolvimento na escola por actuais alunos dos ensinos básico (1º, 2º e 3º ciclo) e secundário.

Visita ao Geopark
Do encontro de cientistas com a comunidade constou ainda uma visita guiada ao Arouca Geopark, programa que encerrou as II jornadas de Ciência em Arouca. 2016-12-18 MMS (texto e fotos)

(mais desenvolvimentos na próxima edição impressa do RODA VIVA jornal)
 
Arouca

Segunda, 08 de Agosto de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"O grande objectivo desta fusão (Arouca e Vale Cambra) é ganhar escala e crescer, pois o mercado assim o exige"

Manuel Duarte, presidente da administração da nova Caixa Agrícola Terras de Santa Maria, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 53 visitantes online